quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Ser sua

Tem dias que me transformo em lágrimas apenas por ter consciência da sua leveza, bondade. Moveria céus e mares para que seja reconhecida. Te amaria por isso, contando com suas vitórias e derrotas, não existe mais nada além de nós aqui.
É preciso mudar, vou me adaptar.
Vou chover, vou voar e vou lembrar o quanto de mim tem em você e o quanto isso fez eu ser cada dia mais sua, sem saberes, sem quereres. Hoje mais nada me importa. Que entenda, que veja, que faça, que seja.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

A(mar)

Números, notas. Um caderno inteiro. Um livro dessas sagas intermináveis. Três deles.

Quando olhares o céu à noite eu habitarei uma delas, e de lá estarei rindo; então será, para ti, como se todas as estrelas rissem! Dessa forma, tu, e somente tu, terás estrelas que sabem rir!

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Agradecimento

Ah, bonita.
Bonita.
Maracatu, tecido, exposições, MPB.
Samba, Rio de Janeiro. Mar, pôr do Sol.
Arpoador, viagens.
Frio, preferir calor.
Amar você.
Amar alguém.
Amar à mim em primeiro lugar.
Ser doce, serena, feliz!
Ansiedade, frustrações poucas.
Abraços.
Mais amor.
Carinho.
Família, desejo, perspectiva.
Desejo além do sonho.
Sonhar.
Pra sonhar, casar, amamentar.
Ser, haver.
Rezar, acreditar.
Ir, sem parar.
Confiar, apostar, ganhar.
Sorrir, voar!


EXISTIR

domingo, 2 de setembro de 2012

Quem foi que te ensinou a rezar?

Mas nada pode fazer se a chuva quer é trazer você pra mim. Vem cá que tá me dando uma vontade de chorar... Não faz assim, não vá pra lá, meu coração vai se entregar à tempestade. Quem é você pra me chamar aqui se nada aconteceu, me diz? Foi só amor? (...) Deixa pra lá, eu vou, adeus.


Talvez demore mais alguns meses, saiba. Talvez cobriremos isso com mais alguns dias corridos. Talvez...
Tal dia teu sorriso passou por aqui, eu mesma quis tomar ele pra mim. Vez em quando encantarás.


Todos os sentimentos me tocam a alma, alegria ou tristeza.
Se espalhando no campo, no canto, no gesto, no sonho, na vida.
Mas agora é o balanço, essa dança nos toma, esse som nos abraça, meu amor.
Nem acredito no sonho que vejo.
Parece que o mundo foi feito pra nós nesse som que nos toca.
Me enfeita num beijo.
Lua, nuvens, estrelas, a banda toca, parece magia e é pura beleza.
E tão de repente você tem a mim.
Essa dança nos toma.
Você tem a mim.

Meus tecidos do teto ao chão, rodopiando, trim trim. Trinta mil horas.

Já Se